quarta-feira, outubro 26, 2005

Andam para aí uns sensores...


Há uns semáforos – pouca gente sabe disto, mas é a mais pura das verdades –, pelo menos em Lisboa, que têm uns sensores que detectam o veículo para ficarem verdes. Funciona assim: estão vermelhos, mas nós aproximamos o carro, chegamos mais à frente, e o sinal abre. Se não chegarmos à frente, nunca mais saimos dali. Às vezes há assim uns silêncios, não sabemos o que dizer, e então saímo-nos com estas merdas.